quinta-feira, 23 de abril de 2009

Quem Tem Diabetes Pode Fazer Tatuagem?

A pergunta é sempre a mesma: será que quem tem diabetes pode fazer uma tatuagem ou um piercing, como qualquer outra pessoa?
A Dra. Flavia Osmo Floh, endocrinologista pediátrica da Associação de Diabetes Juvenil - ADJ. Esclarece o assunto!
RISCO VALE PARA TODOS
O risco de adquirir uma infecção a partir de uma aplicação de tatuagem ou piercing é igual para todo mundo, explicou à especialista. Por isso, quem tem diabetes não é mais vulnerável do que as outras pessoas em relação à possibilidade de contaminação.
“A diferença é que, se o quadro envolver um comprometimento dos vasos na microcirculação, o controle de uma eventual infecção torna-se mais difícil”, esclarece.
Esse tipo de complicação (alterações na microvascularização) vem diagnosticada, em geral, a longo prazo, entre cinco e dez anos. Por isso, o paciente que não apresenta o diabetes bem controlado, e há mais tempo, está mais sujeito ao problema. No caso de uma eventual infecção após uma tatuagem mal aplicada, seu problema poderá ser mais difícil de ser combatido.
O ANTES E O DEPOIS
Para quem já tomou a decisão de tatuar a pele, ou de aplicar o piercing, verificar o controle das taxas de glicemia e a presença de eventuais complicações crônicas constituem o primeiro cuidado a ser tomado antes do procedimento.
Quando o procedimento é feito por pessoa não habilitada, ou em condições inadequadas, todos – com diabetes ou não – correm risco de infecção. Uma contaminação mais grave pode resultar até mesmo em hepatite viral, alertam os especialistas. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de selecionar o profissional que aplicará a tatuagem ou o piercing diretamente na pele. É fundamental confirmar se o profissional é habilitado ou recomendado e se os instrumentos utilizados são esterilizados.
Feita a aplicação, os cuidados de higiene no local devem ser redobrados, através da limpeza da região cutânea, e sem a necessidade de ingestão de antibióticos - lembra a Dra. Flavia Osmo.

10 comentários:

mariana disse...

entao quem possui diabetes corre o mesmo risco de quem nao possui??? Eu tenho diabetes des dos 3 nos, mas é super controlado e bem rigoso os cuidados. O que devo fazer antes de fazer uma tatto?? Obrigada!!

Aline disse...

Amei o que a Dra. explicou pois tem medicos que são contra um Diabetico ter pircing ter tatuagem, mas tenho Diabetes do tipo 1 desde meus 3 anos e já tenho pircing, cicatrizo super bem, mas claro com o controle da glicemia quase um mês antes e mais ou menos um mês depois.
Queria agradecer a Dra. Flavia por dar a opurtunidade de sabermos mais sobre esse assunto, então um Muito Obrigado Dra.

Att, Aline.

Anônimo disse...

Meu nome é Thiago Andrade e já tenho 2 tatoo, graças a Deus não tive nenhuma complicação, tenho diabetes a 14 anos, então podemos sim, somos pessoas normais..

até logo

Anônimo disse...

Adoreiii saber... Meu nome é Mayra e adquiri o diabetes tipo 1 faz um ano, tomo insulina, e controlo bem... Mas meus pais estavam com medo de eu fazer uma tatoo e complicar, pois só tenho 16 anos. Mas com a seu esclarecimento, me sinto melhor, sou uma pessoa normal como qualquer outra!
obrigada
Mayrinha

andressa disse...

OOla meu nome é |Andressa tenho diabetes a 10 anos e fiz uma tatto graças a deus esta correndo td beem

Larissa disse...

Ola bom dia! estava muito curiosa em saber sobre o assunto achei muito importante essas imformações pois não sou Diabetica,mas o meu namordo é tipo 1 ele esta interessado a saber a respeito foi muito importante obter esses conhecimentos...Obrigada

Igor disse...

Muito bom, tenho diabetes tipo 1 também, e fiz algumas tatuagens, realmente tomando os devidos cuidados já citados é como uma pessoa "normal", o tempo de cicatrização também foi tranquilo.
Claro que mantenho a glicemia controlada e mais do que isso manter uma boa alimentação irá contribuir muito!

Mel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mel disse...

Tenho Diabetes tipo 1 e tenho , 12 tatuagens vai do cuidado mesmo